Hemoglobinopatias

Pessoas com hemoglobinopatias (hemoglobina SS, drepanocitose ou anemia falciforme, Hb SC e talassemias) podem buscar tratamento na Fundação Hemominas. O paciente deve procurar uma das unidades de atendimento listadas abaixo, com a documentação necessária, incluindo o encaminhamento do médico que realizou o diagnóstico da doença (solicitação para que a pessoa receba o tratamento).

A Fundação Hemominas disponibiliza alguns dos medicamentos essenciais para o tratamento das hemoglobinopatias e os componentes sanguíneos adequados, quando há necessidade de transfusão. Como o atendimento é eminentemente ambulatorial, os pacientes portadores dessas doenças, quando apresentam problemas clínicos e necessitam de atenção médica de urgência, devem procurar outros serviços da rede pública.

Esses pacientes também são encaminhados à rede municipal de saúde para acompanhamento clínico de rotina e para realização de exames e avaliações de especialidades, tais como neurologia, oftalmologia, otorrinolaringologia, cardiologia, cirurgia pediátrica e ginecologia. Informações complementares podem ser obtidas nas unidades de atendimento.

Requisitos para atendimento

Ter o diagnóstico confirmado de hemoglobinopatia.

Documentos necessários

Exames laboratoriais

Exames de imagem

Não se aplica. 

Unidades que atendem pacientes com doença falciforme

Hemocentro de Belo Horizonte, Hemocentro Regional de Governador Valadares, Hemocentro Regional de Juiz de Fora, Hemocentro Regional de Montes Claros, Hemocentro Regional de Uberaba, Hemocentro Regional de Uberlândia, Hemonúcleo de Diamantina, Hemonúcleo de Divinópolis, Hemonúcleo de Manhuaçu, Hemonúcleo de Patos de Minas, Hemonúcleo de  Sete Lagoas. 

Gestor responsável: Diretoria Técnico-Científica
hemoglobinopatias   anemia falciforme